×

Grupos Tradicionais se apresentam nesse fim de ano

Grupos tradicionais se apresentam no Ciclo de Reis

Grupos Tradicionais se apresentam nesse fim de ano

Grupos Tradicionais da região se apresentam do dia 25 de dezembro até dia 6 de janeiro, no chamado “Ciclo dos Reis”, que colorirão as ruas de Juazeiro do Norte

Grupos Tradicionais e a origem dos reis – Os magos são citados apenas no evangelho de Mateus, que simboliza o reconhecimento de Jesus por todos os povos. Somente na tradição medieval, 800 anos depois do nascimento de Cristo, é que recebem o título de “reis” e são reconhecidos com Melchior, Baltasar e Gaspar.

Seriam estes três os responsáveis por presentear a criança com ouro, incenso e mirra. O dia 6 de janeiro se tornou, pela tradição cristã, a data da chegada daqueles “homens do oriente” para adorar o nascimento do Senhor. No Brasil, também é celebrada a “Folia de Reis”, ou popular “Reisado”.

Como manifestação folclórica, o Reisado tem no Cariri uma de suas maiores vitrines. As brincadeiras, folguedos e festas tradicionais misturam os saberes do povo ameríndio, do branco invasor e dos negros africanos trazidos como escravos para trabalhar no cultivo da cana-de-açúcar.

A diversidade presente na região como o “Reisado de Congo”, o “Reisado de Careta”, também recebe novos elementos a partir das romarias. A vinda de milhares de peregrinos de todo Nordeste pela fé no Padre Cícero transformaram e enriqueceram a cultura popular.

É nessa diversidade que 45 grupos de tradição, entre reisados, lapinhas, guerreiro, banda cabaçal, maneiro-pau, mamulengo, bacamarteiros e coco, se apresentam na terra do Padre Cícero.

De 25 de dezembro a 6 de janeiro, o chamado “Ciclo de Reis” colore as ruas de Juazeiro do Norte. Durante esse período, foram mais de 25 apresentações realizadas nas diversas terreiradas organizadas pelos mestres.

No dia 6 de janeiro, principal data da festa, uma grande programação encerrará o ciclo com atrações em quatro espaços públicos diferentes, nas Praças José Geraldo da Cruz, Praça Padre Cícero, Praça do Cinquentenário. Já a partir das 14h30, o Largo Basílica de Nossa Senhora das Dores receberá mais oito grupos folclóricos.

 

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*