×

Pau-de-arara, liberação do uso em Juazeiro do Norte e região

Pau-de-arara, liberação do uso em Juazeiro do Norte e região

Pau-de-arara, liberação do uso em Juazeiro do Norte e região

Pau-de-arara, liberação do uso em Juazeiro do Norte e região

Pau-de-arara, o tradicional veículo de transporte do Nordeste, bem como de Juazeiro do Norte, sempre foi uma atração para os turistas e romeiros que visitam a Terra de “Padim Ciço”.

Os carros Paus-de-arara, que transportam pessoas na caçamba, foram proibidos em 2015. Desde então está sob a fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres(ANTT) e da Polícia Rodoviária Federal.

Muitos turistas e moradores da região aguardam ansiosos pelo retorno dos “Paus-de-arara

O tráfego desses carros foi proibido por lei e em conclusão, algumas manifestações contrárias dos fiéis ocorrem durante o ano. Principalmente nesta época, quando acontecem as principais romarias na cidade.

A Romaria de Finados, por exemplo, arrasta todos os anos mais de 400 mil pessoas á Juazeiro do Norte.

Muitos turistas que repetem essa tradição de fé sentem falta dos carros paus-de-arara na cidade.

A justificativa para tal proibição é a segurança dos fiéis. A ANTT afirma que o veículo pau-de-arara não garante a segurança dos passageiros, não é regulamentado e proibido, por sua vez, pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Por outro lado, a população defende os paus-de-arara como sendo a principal forma de transporte de fiéis que viajam a Juazeiro do Norte das cidades vizinhas para as Romarias.

O Pau-de-arara já faz parte da atração turística e cultural de Juazeiro do Norte. Fiéis e devotos de todo o Brasil envoltos pela fé, cantam e fazem suas orações durante todo percurso.

Proposta de liberação

O Deputado José Guimarães( PT- CE), é o autor da proposta de liberação. A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), aprovou o projeto de lei 3643/15, que declara como “Manifestação da Cultura Nacional”, a tradição do uso do Pau-de-arara em romarias religiosas.

Vale ressaltar ainda que a liberação desse veículo de transporte é discutido pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) há 4 anos e que, desde 1989, as cidades vizinhas como Crato e Barbalha também lutam para a legalização do Pau-de-arara.

E você, já passeou em um desses veículos no Nordeste?