×

SANTUÁRIO DE SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS

santuario-sao-francisco

SANTUÁRIO DE SÃO FRANCISCO DAS CHAGAS

A Igreja dos Franciscanos e o seu Padroeiro São Francisco

A chamada Igreja dos Franciscanos em homenagem a São Francisco,  foi construída em 1950 e fica localizada na Praça Mons. Joviniano Barreto S/N, um dos maiores e mais belos templos dessa ordem no Brasil.

A imagem de São Francisco no altar-mor foi esculpida em Gênova, na Itália, e a outra está em um enorme pedestal que fica na Praça das Almas, réplica à Praça de São Pedro no Vaticano.

O imenso Santuário de São Francisco das Chagas comporta cerca de 30 mil cristãos em época de romaria. O Santuário é majestoso e muito visitado pelos fiéis, conta ainda com uma linda torre de 45 metros de altura e um lindo relógio.

francisco de assis
São Francisco de Assis

São Francisco de Assis nasceu em Assis, Itália, em 1182. Era filho de Pedro Bernardone, um rico comerciante, e Pia, de família nobre da Provença.  Na juventude, esbanjava dinheiro com ostentações e os negócios de seu pai não despertava nenhum interesse, muito menos os estudos. O que ele queria mesmo era se divertir e gastar o dinheiro de seu pai.

Na juventude de Francisco, por volta de seus vinte anos, uma guerra começou entre as cidades italianas de Perugia e Assis. Ele queria lutar pela sua cidade, porém ficou doente. Durante a doença, ele ouviu uma voz sobrenatural que lhe pedia para ele “servir ao amor e ao Servo”.

Certa vez, ao encontrar um leproso, apesar da repulsa natural, venceu sua vontade e beijou o doente. Foi um gesto movido pelo Espírito Santo. Foi ai que ele passou a fazer visitas e a servir aos doentes que sem encontravam nos hospitais. Aos pobres, presenteava com suas próprias roupas e também com o dinheiro que tivesse no momento.

Num dia simples, mas muito especial, num momento em que Francisco rezava sozinho na Igreja de São Damião, em Assis, ele sentiu que o crucifixo falava com ele, repetindo por três vezes a frase que ficou famosa: “Francisco, repara minha casa, pois olhas que está em ruínas”. Assim ele vendeu tudo o que tinha e levou o dinheiro ao padre da Igreja de São Damião, e pediu permissão para viver com ele na igreja.

Seu pai não aceitou sua escolha e foi atrás dele na igreja por diversas vezes, até que propôs ele voltasse para casa ou que renunciasse à sua herança. E continuou com sua vocação cuidando dos enfermos e dos mais necessitados.

 

Fonte: Internet

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*