×

A cidade do Santo Casamenteiro

santo antonio

A cidade do Santo Casamenteiro

 A cidade de Santo Antônio e suas riquezas naturais

Barbalha além de ser a cidade do Santo casamenteiro, faz parte do Turismo Religioso e que é conhecida pela sua diversidade em atrações turísticas, chamada de parque de diversões da região do Cariri.

Percorrendo os arredores da cidade, podemos ver a vasta área de Floresta nativa, lindas fontes de águas cristalinas, é um ótimo chamariz para turistas e a população local com banhos refrescantes.

Além de trilhas ecológicas junto a natureza, pode-se fazer passeios saudáveis como conhecer reservas ecológicas particulares que são abertas a visitantes.

Podemos ainda, citar como uma das mais aprazíveis áreas verdes, o Parque Ecológico do Riacho do Meio. Local que abriga o Geopark Araripe, com fontes e bicas de água mineral e trilhas para visitação podendo conferir a biodiversidade da Chapada do Araripe.

Como atrativo ao redor da cidade, temos o Balneário de Caldas com mais de 700 metros de altitude e que nos convida a relaxar em meio a paisagem verdejante.

A estância hidromineral de Caldas dispõe de piscinas, cascatas, restaurantes e quadras esportivas. Além de duas fontes naturais de águas termais com a infraestrutura de chalés de veraneio e um hotel.

santo antonio
Santo Antonio

No contexto cultural e religioso temos em Junho o principal momento de devoção, a Festa de Santo Antônio, padroeiro da cidade.

As festividades em homenagem ao padroeiro de Barbalha, se repetem desde os anos 40 do século XVIII.

Ação se inicia com o ato de devoção e fé, o carregamento do pau da bandeira de Santo Antonio, que é preciso antes de tudo, escolher a árvore, cortá-la, preparar o tronco e carregar o mastro.

Feito com o tronco de 20 a 30 metros de altura e cerca de três toneladas, o mastro é retirado da mata e, colocado para secar por 15 (quinze) dias.

Depois, é levado no ombro por mais de 100 homens até o Centro de Barbalha em um trajeto de seis quilômetros, o cortejos é repleto de música e desfiles de grupos folclóricos que acompanham os carregadores na chegada até a área central da cidade.

Assim, a bandeira é hasteada em frente à Igreja Matriz e a cidade começa o seu mais importante ciclo festivo.

O santo casamenteiro abençoa a cidade que cresce em ritmo constante e abre as portas para o Turismo na cidade e na região.

Fonte: Internet